segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

Seringa infectada com HIV num banco de cinema

Seringa infectada com HIV num banco de cinema:
Mito Urbando : mentira.
Já ouviu aquela história de alguém que sentou numa cadeira do cinema, que continha uma seringa infectada com Hiv .?
Se algum doido de facto, preparasse essa armadilha precisaria de tempo, além disso o vírus de HIV é muito fraco fora do corpo, e é um parasita, ele precisa de uma célula sanguínea para sobreviver.
O sangue fora do corpo coagula em poucos minutos, para o atentado dar certo, a seringa tinha que ser constantemente trocada com sangue novo.
Além disso a agulha teria que penetrar as roupas e os músculos da vítima, ao sentar a pessoa poderia partir a agulha sem haver injecção do líquido, além disso seria necessário injectar muito sangue na vítima para ocorrer uma infecção.


fonte: Revista brasileira "Mundo Estranho" ( Novembro de 2007, nº 69 página 25 ).

Sem comentários: